. Vaza suposto áudio de Chico Pinheiro sobre Lula: ‘Ideia não se prende’

.
Vaza suposto áudio de Chico Pinheiro sobre Lula: ‘Ideia não se prende’
O jornalista da Rede Globo critica prisão do ex-presidente e ironiza: ‘Coxinhas estão perdidos’. Ele ainda não confirmou a autoria; ouça aqui!
Luiz Felipe Fernandez
FacebookTwitter

Um suposto áudio do jornalista Chico Pinheiro, da Rede Globo, foi vazado nesta segunda-feira (9). Ele faria duras críticas á prisão de Lula e ironiza a “direita”: “Coxinhas estão perdidos”. Até o momento, a única evidência é a semelhança entre o áudio, e a voz do apresentador. Ainda nesta madrugada, o Reinaldo Azevedo escreveu sobre o vazamento em coluna no Uol, e pediu que o caso não implique em “punição”.

“Quando uma pessoa deixa de ser um ser humano e vira uma ideia, começa a ser um pesadelo. Realizaram o fetiche, o fetiche deles era o Lula na cadeia […] Se a gente pensar bem, o lugar onde ele está é melhor do que muitos lugares onde ele dormiu na infância”, teria dito o jornalista, em mensagem enviada a um grupo fechado no Whatsapp. “Como ele (Lula) disse: Eu não sou mais um ser humano, sou uma ideia. Ideia não se prende, a gente está solto”, prosseguiu.

No áudio, Chico, um dos apresentadores do “Bom dia Brasil”, ainda pediria “calma, sabedoria e inspiração divina” ao ex-presidente. Ele ainda usa como exemplo uma notícia da Globo News: “ ‘PT precisa traçar novas estratégias’, ora, quem tem que traçar novas estratégias são eles [a direita]”. A Rede Globo ainda não se pronunciou sobre o assunto, nem o próprio Chico. No entanto, ele foi procurado pela Revisa Veja e não negou, apenas se recusou a comentar: “Não tenho nada a dizer a respeito”. O jornalista tem 64 anos, e está na Rede Globo desde 1996.

Ainda sem a confirmação, muitos seguidores foram expressar o seu descontentamento com a suposta opinião do apresentador: “Que vergonha você falando de Lula como se fosse um deus”, “Se eu fosse seu filho, teria vergonha de você”, diziam alguns dos comentários.

Um vídeo com o áudio atribuído a Chico Pinheiro, também foi compartilhado no YouTube. Além das defesas ao petista, e ataques à direita e aos “coxinhas, sobrou também para o juiz federal Moro. Cantarolando uma música de Paulo César Pinheiro, conhecida em protestos, Chico brinca: “Quando um ‘moro’ (muro) separa uma ponte une