Otto Alencar prega ‘pés no chão’ após desistência de ACM Neto


“A previsão nossa com Neto já era de vitória. Nosso grupo está muito unido e é favorito, já dizia antes. Mas vamos aguardar para ver”, ressaltou o senador
Rodrigo Daniel Silva
FacebookTwitter

O senador Otto Alencar (PSD) preferiu, na manhã desta quarta-feira (11), adotar um tom cauteloso sobre possível aumento do favoritismo do governador Rui Costa (PT) após a desistência do prefeito de Salvador, ACM Neto (DEM), de disputar o governo da Bahia.

“A previsão nossa com Neto já era de vitória. Nosso grupo está muito unido e é favorito, já dizia antes. Mas vamos aguardar para ver. Rui está muito bem avaliado, mas tem que ter pés no chão”, afirmou, em entrevista ao bahia.ba.

A senadora Lídice da Mata (PSB) avaliou que “cresceu” o favoritismo de Rui Costa após a decisão de Neto. Na avaliação de Otto Alencar, a oposição está “desarticulada”, já que há hoje, pelo menos, três candidatos: José Ronaldo (DEM), João Gualberto e João Santana (MDB). O senador não quis falar sobre a posição de ACM Neto de permanecer na prefeitura, mas sugeriu que o democrata tomou a decisão acertada, ao dizer “que qualquer mandato que conquistar vou até o fim”.

Sobre a prisão do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), Otto Alencar afirmou que, neste momento, o impacto na eleição é “imprevisível”. “Ninguém pode prever. Qualquer avaliação que fizer agora é precipitada. Vivemos um momento conturbado”, frisou.

FacebookTwitterTEMAS: 2018 , ACM Neto , Bahia , candidatura , desistência , eleição ,

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.