Licitação do VLT é marcada para fim de maio; confira cronograma de implantação

Licitação do VLT é marcada para fim de maio; confira cronograma de implantação
por Ailma Teixeir
Após adiamentos, o governador Rui Costa (PT) anunciou que o resultado da licitação do Veículo Leve sobre Trilhos (VLT) será divulgado no dia 23 de maio. O procedimento será feito em São Paulo, na sede da bolsa B3, que é a fusão entre as empresas BM&FBovespa e Cetip, de acordo com a assessoria de comunicação da Casa Civil. Depois disso, a Secretaria de Desenvolvimento Urbano (Sedur) explica que as demais empresas concorrentes têm o prazo de cinco dias úteis para recorrer de todas as decisões feitas pela Comissão de Licitação. Os eventuais recursos serão comunicados às demais concorrentes para que elas possam impugná-los também no prazo de cinco dias. Todos esses processos deverão ser dirigidos à autoridade superior, que terá o mesmo prazo para reconsiderar sua decisão ou encaminhá-los à autoridade competente. Além disso, a comissão deve analisar a qualificação e os documentos da empresa classificada em primeiro lugar para declará-la vencedora definitiva do certame. Passados cerca de 30 dias desse trâmite, ocorre a homologação da concorrência, onde a vencedora vai assinar o contrato via Parceria Público-Privada – a previsão é de que isso ocorra no início do mês de julho. Na sequência, o governo dará início ao cronograma dos trabalhos preliminares, o que inclui desapropriações, interferências na poligonal onde será implantado o VLT, instalação do canteiro de obras e outros procedimentos. Assim, as obras devem ser iniciadas em outubro, cerca de 90 dias após a assinatura do contrato. Com investimento de R$ 1,5 bilhão, o VLT vai substituir o Trem do Subúrbio, com cerca de 20 quilômetros de extensão e 22 estações ao longo do percurso Comércio – Ilha de São João, no município de Simões Filho.

Quarta, 16 de Maio de 2018 – 12:20
Itaú e Bradesco devem liberar até R$ 2,8 bilhões à Odebrech