Vitória não resiste ao São Paulo e volta a sofrer ameaça do Z-4


Lucas Cunha e Redação

Uma noite para o torcedor rubro-negro esquecer. O Vitória vai para a parada da Copa do Mundo com uma derrota por 3 a 0 sofrida nesta terça-feira, 12, no Morumbi, para o São Paulo. Os nomes da noite foram o meia Nenê, que marcou dois gols no primeiro tempo, e o juiz Igor Junio Benevenuto, que expulsou injustamente Yago, em lance justamente com o próprio Nenê. Everton, no segundo tempo, fez o outro gol do Tricolor paulista na partida.

>>Veja a tabela de classificação

>>Confira os próximos jogos do Vitória

Com o resultado, o Vitória permanece com 12 pontos e torce contra os rivais da zona de rebaixamento para não terminar a rodada no Z-4. Já o São Paulo vai aos 23 pontos e assume a vice-liderança da competição.

Com a pausa do Brasileirão para a Copa, o Leão só volta a jogar no dia 18 de julho, uma quarta-feira, quando pega o Paraná, às 21h, no Barradão.

O jogo

Explorando os contra-ataques, foi o Vitória quem teve a primeira grande oportunidade, com Wallyson, aos 17 minutos. Rhayner fez boa jogada e chutou rasteiro para o gol. Sidão espalmou para a área e a bola sobrou com Wallyson, que não pegou bem o rebote e desperdiçou a chance.

O gol perdido foi sentido pelo Leão logo na sequência, aos 21 minutos. Araruna tocou para Nenê, que tirou com categoria de Lucas Marques e chutou da entrada da área no ângulo de Elias, sem chance para o arqueiro rubro-negro. Golaço que abriu o placar no Morumbi.

O que já estava ruim para o Leão ficou pior aos 34 minutos. Em lance disputado entre Nenê e Yago, os dois trocaram empurrões, mas o meia rubro-negro acabou acertando o braço no rosto do jogador são-paulino. Mesmo com Yago pedindo desculpas ao rival logo na sequência da jogada, que pareceram ser aceitas por Nenê, o juiz Igor Junio Benevenuto aplicou o cartão vermelho direto para Yago.

O lance desestabilizou os atletas do Vitória, que reclamaram muito da rígida expulsão. Tanto que Neilton levou amarelo por reclamação e está suspenso da partida contra o Paraná.

Ainda grogue pela traumática expulsão, o Rubro-Negro levou o segundo gol, feito pelo destaque da partida, Nenê, aos 42 minutos.

Em jogada de contra-ataque, Everton cruzou na área. No primeiro lance, Lucas Marques cortou. Mas a bola voltou para Everton, que dessa vez tocou para atrás e achou Nenê. O experiente meia bateu rasteiro, sem chance para Elias, ampliando para o placar no Morumbi.

Empurrado pela torcida, o São Paulo queria aproveitar o atleta a mais para aumentar o placar no segundo tempo. E conseguiu, logo aos oito minutos. Após cruzamento, a bola sobrou para Everton, que pegou de primeira e marcou um belo gol, aumentando o placar para três a zero.

Depois de levar o terceiro, o Vitória conseguiu equilibrar a partida, mas quase não chegou com perigo ao gol de Sidão. O São Paulo ainda teve o meia Lucas Fernandes expulso, aos 31 minutos, o que deu a chance do Vitória se jogar mais ao ataque, entretanto sem converter isso em qualquer grande oportunidade.

Last Updated: 12/06/2018 18:25
3
SÃO PAULO 0