Neto e Maia dizem que não vão ‘entrar de sola’ para bancar apoio a Ciro


Ideologicamente mais próximos de Geraldo Alckmin (PSDB), parlamentares do DEM resistem à ideia de apoiar o pedetista e chegam a ameaçar marchar Jair Bolsonaro (PSL)
Redação
FacebookTwitter
Foto: Rodrigo Veloso/ bahia.ba
Foto: Rodrigo Veloso/ bahia.ba

Com o Democratas rachado na escolha sobre quem apoiar na corrida ao Palácio do Planalto, o presidente nacional da sigla ACM Neto e o ainda presidenciável Rodrigo Maia avisaram aos correligionários que não vão “entrar de sola” para forçar um consenso. A informação é da coluna Painel, do jornal Folha de S. Paulo.

O prefeito de Salvador já demonstrou ter maior apreço pelo nome de Ciro Gomes (PDT), caso o presidente da Câmara dos Deputados, em baixa nas pesquisas, retire a pré-candidatura, mas garante que respeitará a decisão da maioria.

Ideologicamente mais próximos de Geraldo Alckmin (PSDB), parlamentares do DEM resistem à ideia de apoiar o pedetista e chegam a ameaçar marchar na extrema direita do deputado federal e também presidenciável Jair Bolsonaro (PSL)