Centrão vincula apoio nas eleições 2018 a cargos

Centrão vincula apoio nas eleições 2018 a cargos
Partidos negociam com os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos) e Geraldo Alckmin (PSDB)
[Centrão vincula apoio nas eleições 2018 a cargos]
Foto : J Batista
Por Metro1 no dia 11 de Julho de 2018 ⋅ 10:20

Os partidos que integram o “centrão” (DEM, PP, Solidariedade e PRB) negociam manter ministérios estratégicos ocupados no governo de Michel Temer (DEM) com os pré-candidatos ao Palácio do Planalto, segundo o jornal Estado de São Paulo.

De acordo com a publicação, as siglas querem indicar não apenas o vice na chapa do candidato com quem fizerem aliança para a disputa, mas também reconduzir o deputado federal Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao comando na Câmara. A sigla ainda controla o Ministério da Educação.

O PP quer manter os ministérios da Saúde, Cidades e Agricultura, que dispõem dos maiores orçamentos, além da presidência da Caixa. O Incra e a Secretaria de Desenvolvimento Agrário continuam sob a direção do Solidariedade.

O presidente do PRB, Marcos Pereira, assugerou que a participação no governo ainda não foi objeto de debate no grupo. O centrão negocia com os presidenciáveis Ciro Gomes (PDT), Álvaro Dias (Podemos) e Geraldo Alckmin (PSDB).

Comentarios

Nregos prometidos encolheu para apenas 1,5 mil. Com um cálculo esdrúxulo, o município tenta convencer que estava tudo acordado desde o início, mas o Sindicato dos Trabalhadores em Telecomunicações da Bahia aposta que tudo não passou de “baratino”.