Aluna do Colégio São Paulo é ameaçada de morte por colega apoiador de Bolsonar

o
Na conversa, rapaz diz que a posição da menina vai custar a ela “17 facadas”

(Foto: reprodução/Google Street View)

Redação VN
redacao@varelanoticias.com.br

Uma aluna do Colégio São Paulo, em Salvador, está sendo ameaçada de morte por outro estudante da instituição. Pelo menos é o que denuncia um print de uma suposta conversa entre os dois, que teria acontecido na segunda-feira (29). De acordo com a denúncia, o jovem é apoiador do presidente eleito Jair Bolsonaro (PSL).

Conforme a imagem da discussão, divulgada nas redes sociais, o rapaz chega a dizer que a posição da menina vai custar a ela “17 facadas”, em referência ao número utilizado por Bolsonaro durante a eleição presidencial deste ano.

“Última vez que te aviso, quanto mais apoio você acha que tá ganhando, mais os meninos do grupo estão. Sua oposição como você insiste em falar vai lhe custar 17 facadas, pra você morrer que nem aquele mestre de capoeira preto que votou na petralhada”, diz a mensagem.

O mestre de capoeira citado pelo suspeito é Moa do Katendê, de 63 anos, que foi esfaqueado e morto por um eleitor de Bolsonaro, durante uma briga política na madrugada do dia 8 de outubro, em Salvador.

O Varela Notícias entrou em contato com a assessoria do Colégio, que alegou que o caso está sendo apurado internamente.

Atualização, 30/10/2018, 19h04

Após a repercussão, o Colégio se pronunciou nas redes sociais e alegou que não compactua com este tipo de atitude, no entanto, afirmou que a situação aconteceu fora das dependências da escola.

“Em face dos fatos, com os quais não compactuamos, ocorridos ontem, envolvendo alguns alunos do nosso Colégio nas redes sociais, vimos a público informar que os mesmos se passaram fora do âmbito da Escola, e que, ainda assim, estamos apurando o ocorrido, em razão dos princípios que norteiam a Instituição. Informamos também que a Diretora do Colégio já passou pelas salas de aula para conversar com os alunos, reafirmando os valores pregados e praticados pelo Colégio São Paulo”, diz parte da nota.

(Foto: reprodução/Instagram)

Tópicos: Colégio São Paulo, Jair Bolsonaro, PSL, salvador Link:
http://varela.vn/z2s6/

Anúncios da Revcontent
a

Share