Sábado, 17 de Abril de 2021 02:54
75 98846-8150
Geral "Pobre judiciário",

"Pobre judiciário", diz Marco Aurélio sobre liberação de cultos e missas por Nunes Marques

"Pobre judiciário", diz Marco Aurélio sobre liberação de cultos e missas por Nunes Marques

05/04/2021 20h46
182
Por: Rodrigo Mario Fonte: tarde

"Pobre judiciário", diz Marco Aurélio sobre liberação de cultos e missas por Nunes Marques

 

  
A+A-

O decano do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Marco Aurélio Mello, criticou neste domingo, 4, a decisão do colega de Corte, Kassio Nunes Marques, de liberar a realização de cultos e missas no pior momento da pandemia de covid-19 no País, que já matou 330 mil brasileiros.

“Pobre Judiciário”, disse o ministro. Chamado de ‘novato’ por Marco Aurélio, o indicado pelo presidente Jair Bolsonaro para a vaga no STF em outubro do ano passado atendeu na noite deste sábado, 3, um pedido feito pela Associação Nacional de Juristas Evangélicos (Anajure) ao tribunal.

“O novato, pelo visto, tem expertise no tema. Pobre Supremo, pobre Judiciário. E atendeu a Associação de juristas evangélicos. Parte legítima para a ADPF (tipo de processo que discute cumprimento à Constituição)? Aonde vamos parar? Tempos estranhos!”, disse Marco Aurélio ao Estadão. O ministro tem aposentadoria marcada para julho, abrindo uma segunda vaga para indicação de Bolsonaro.

A medida de Nunes Marques – que proíbe Estados e municípios de suspenderem completamente celebrações – destoa de outras decisões do STF, como a que deu autonomia para que governadores e prefeitos decretem ações de isolamento. Com base nisso, o prefeito de Belo Horizonte, Alexandre Kalil (PSD), afirmou ontem que não cumpriria a decisão. Nunes Marques reagiu à declaração de Kalil e o intimou, devendo o prefeito esclarecer em 24 horas as providências tomadas para seguir o entendimento do ministro.

Não há previsão de o plenário da Corte analisar o tema. A interlocutores, Nunes Marques alegou que a lógica adotada por Kalil não tem respaldo. Na visão do ministro, o que o plenário decidiu é que compete aos Estados e à União tomar medidas para enfrentar a pandemia, sem no entanto avançar na legalidade dos atos que vêm sendo adotados pelos governantes.

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Valença - BA
Atualizado às 02h35 - Fonte: Climatempo
21°
Poucas nuvens

Mín. 22° Máx. 31°

21° Sensação
1 km/h Vento
96% Umidade do ar
90% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (18/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 25° Máx. 31°

Sol e Chuva
Segunda (19/04)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 31°

Sol e Chuva