Terça, 07 de Dezembro de 2021 02:41
75 98846-8150
Política Wagner se tornará, s

Wagner se tornará, se eleito, o mais longevo governador da Bahia

Wagner se tornará, se eleito, o mais longevo governador da Bahia

24/11/2021 19h27
77
Por: Rodrigo Mario Fonte: TRIBUNA DA BAHIA
Wagner se tornará, se eleito, o mais longevo governador da Bahia

Wagner se tornará, se eleito, o mais longevo governador da Bahia

Se o desejo de Jaques Wagner (PT) se concretizar nas eleições gerais de 2022, o senador pode se tornar o mais longevo governador da Bahia

 

Compartilhe
Foto: Reprodução

Por Rodrigo Daniel Silva 

Se o desejo de Jaques Wagner (PT) se concretizar nas eleições gerais de 2022, o senador pode se tornar o mais longevo governador da Bahia. O petista, que tentará ter o terceiro mandato como chefe do Palácio de Ondina no pleito do próximo ano, baterá o recorde que hoje pertence ao ex-senador Antonio Carlos Magalhães. 

Além de se tornar o governador com mais tempo no poder da Bahia, Wagner será, se eleito, o que ficou em maior período democrático. Já que ACM governou o estado por dois mandatos, de forma indireta. Ao todo, o ex-senador ficou 11 anos e 4 meses no comando da Bahia, sendo que oito foram nos anos da ditadura militar brasileira. Caso seja eleito no próximo ano, o hoje senador petista poderá ficar 12 anos como chefe estadual, somando os oito anos como governador entre 2007 e 2014. 

O ex-tenente do Exército, Juracy Magalhães, é o governador mais duradouro da Bahia, depois de Antonio Carlos. O cearense, que virou chefe da Bahia pelas mãos do ex-presidente Getúlio Vargas, comandou o estado por seis anos de forma indireta. Em 1958, foi eleito democraticamente derrotando José de Freitas, e geriu o estado por mais quatro anos. Totalizando, 10 anos no poder baiano. De maneira democrática, o hoje assessor do ex-prefeito soteropolitano ACM Neto (União Brasil), Paulo Souto, também está na lista dos governadores baianos com mais tempo no poder. Souto administrou o estado por oito anos, entre 1995-1999 e 2002-2006. 

No início do século 20, o jurista José Joaquim Seabra, conhecido como J.J Seabra, também foi governador da Bahia por oito anos. Ele governou entre 1912 e 1916, e retornou ao comando entre 1920 e 1924. No intervalo de tempo, entre 1916 e 1920, Seabra emplacou o aliado Antonio Muniz, assim como Wagner pôs o correligionário Rui Costa (PT) no governo da Bahia. Na época de Seabra, era vedado mandato consecutivo. 

Em março deste ano, Wagner confirmou que é candidato a governador da Bahia. Ele disputará pela quarta vez o governo estadual, sendo que perdeu em 2002 quando tentou pela primeira vez. Foi eleito em 2006, e reeleito quatro anos depois. Desta vez, no entanto, aliados do petista têm reclamado das poucas visitas do senador ao interior do estado. Em conversas reservadas, eles têm dito que Wagner precisa intensificar as viagens. Também tem criticado a ausência de encontros com lideranças políticas. À Tribuna, o senador declarou que só irá intensificar a campanha “na hora certa”. 

A postura de Wagner fez com que o ex-prefeito ACM Neto, que também competirá pelo cargo, ironizasse o adversário. “Quando a gente olha, nem sente no próprio senador Jaques Wagner essa empolgação para ser governador. Pelo menos, a impressão que a gente sente de fora. Por que não dar a oportunidade para alguém que está com muita vontade, cheio de disposição, trabalhar para valer?”, questionou Neto. O senador rebateu: “Tem gente confundindo empolgação com arrogância. Minha empolgação sempre será crescente e duradoura. Quem caminha ao meu lado, sabe disso. E que vou até o fim, não desempolgo no meio do caminho e nem deixo amigos na estrada”. 

 

 
PUBLICIDADE

Edição virtual

PUBLICIDADE
Compartilhe

 

 
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Valença - BA
Atualizado às 02h39 - Fonte: Climatempo
23°
Poucas nuvens

Mín. 23° Máx. 32°

23° Sensação
1 km/h Vento
96% Umidade do ar
60% (5mm) Chance de chuva
Amanhã (08/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 23° Máx. 33°

Sol e Chuva
Quinta (09/12)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 24° Máx. 32°

Sol e Chuva