Saturday, 13 de August de 2022 07:25
75 98846-8150
Política Quatro meses depois,

Quatro meses depois, governo levanta as mãos para o céu e agradece eleição de Adolfo à Assembleia contra o PP de Leão, em 2021

Quatro meses depois, governo levanta as mãos para o céu e agradece eleição de Adolfo à Assembleia contra o PP de Leão, em 2021

03/08/2022 18h21 Atualizada há 1 semana
54
Por: Rodrigo Mario Fonte: POLITICA LIVRE
Quatro meses depois, governo levanta as mãos para o céu e agradece eleição de Adolfo à Assembleia contra o PP de Leão, em 2021
 
 
Foto: Divulgação/Arquivo
 
Petistas dizem não saber prever o que poderia ocorrer agora com o governo se a Assembleia estivesse na mão de um oposicionista e não do aliado Adolfo Menezes03 de agosto de 2022 | 10:22

Quatro meses depois, governo levanta as mãos para o céu e agradece eleição de Adolfo à Assembleia contra o PP de Leão, em 2021

EXCLUSIVAS

 

Quatro meses depois do rompimento com o PP, o governo baiano levanta as mãos para os céus e dá graças a Deus por ter peitado o partido e ajudado o deputado estadual Adolfo Menezes (PSD) a se eleger presidente da Assembleia Legislativa da Bahia, em fevereiro de 2021.

Nos bastidores governistas, Adolfo é, aliás, considerado o presidente perfeito para o Poder. Além de amigo e aliado do governador Rui Costa (PT), é leal, discreto, sabe cuidar da relação com os colegas deputados e tem buscado cortar despesas e enxugar o orçamento do Legislativo.

O resultado é a garantia de uma relação estável entre o Poder e o governo que deixa Rui tranquilo para trabalhar sabendo que não deve ser colhido por surpresas, especialmente neste ano eleitoral, em que tem se esforçado para garantir a continuidade do PT na administração estadual.

O cenário poderia ser totalmente diferente se o PP tivesse ganho a presidência da Assembleia, como o partido efetivamente tentou, invocando um direito pelo qual caberia à sigla ter sucedido no comando do Legislativo o então presidente Nelson Leal, também um progressista, colhido pela crise da pandemia.

Desde março aliada do candidato a governador ACM Neto (União Brasil), na chapa de quem o cacique do PP João Leão indicou para candidato a senador o deputado federal Cacá, seu filho, fato é que a legenda poderia agora estar transformando a vida do governo num verdadeiro inferno.

Para citar o tamanho do risco que o PT correu, os petistas costumam se referir às ‘pautas bombas’ que o presidente da Câmara Municipal de Salvador, Geraldo Jr. (MDB), transformado repentinamente em candidato a vice na chapa do petista Jerônimo Rodrigues, do PT, tem criado para o prefeito Bruno Reis (União Brasil).

Na época da sucessão na Assembleia, o governo chegou a participar das negociações com o PP e o PSD, tentando evitar uma fissura na base, mas diante da determinação do partido do senador Otto Alencar em não abrir mão da indicação, resolveu fingir-se de morto, enquanto, nos bastidores, facilitava a eleição de Adolfo.

Em jogo combinado, no momento em que Rui lavava as mãos, um personagem entrava em cena, no entanto, jogando as cartas em favor do PSD e, consequentemente, do atual presidente. Era o senador Jaques Wagner, que os petistas dizem ter antevisto lá atrás, com seu respeitado tirocínio político, que o PP não permaneceria parceiro do governo.

Teria sido este o motivo porque o senador teria trabalhado para eliminar o risco de que o partido ganhasse o controle do Legislativo. A postura do petista teria, no entanto, marcado a primeira crise no relacionamento com o PP desde que o partido aderiu ao governo, no final do primeiro mandato de Wagner como governador.

A rusga nascida naquele momento teria prenunciado o rompimento definitivo, em março passado, quando o partido anunciou apoio a Neto depois que o próprio Wagner comunicou que o PT teria candidato ao governo e Rui não disputaria o Senado, com o que o PP contava para Leão assumir o cargo de governador da Bahia

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.
Valença - BA
Atualizado às 07h25 - Fonte: Climatempo
22°
Chuva

Mín. 22° Máx. 27°

22° Sensação
10.5 km/h Vento
95.6% Umidade do ar
90% (25mm) Chance de chuva
Amanhã (14/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 21° Máx. 27°

Sol com muitas nuvens e chuva
Monday (15/08)
Madrugada
Manhã
Tarde
Noite

Mín. 20° Máx. 26°

Sol com muitas nuvens e chuva