BAHIA DE MAOS DADAS
LARANJA
Fevereiro laranja
A GENTE NA ESCOLA PRESENTE
BAHIA SEM FOME
policia

Mulher que levou idoso morto a banco diz que usaria dinheiro para comprar TV e fazer reforma

Mulher que levou idoso morto a banco diz que usaria dinheiro para comprar TV e fazer reforma

18/04/2024 19h39
Por: Rodrigo Mario
Fonte: DIARIO DO NORDESTE

Mulher que levou idoso morto a banco diz que usaria dinheiro para comprar TV e fazer reforma

Defesa de Érika de Sousa, de 42 anos, afirma que idoso chegou à agência bancária vivo

Erika de Souza Vieira Nunes, a mulher que levou um idoso morto ao banco para fazer um empréstimo de R$ 17 mil em Bangu (RJ), disse em depoimento à Polícia que decidiu sacar o valor em nome de Paulo Roberto Braga, de 68 anos, após ele manifestar vontade de usar o dinheiro para comprar uma televisão e fazer uma obra em casa. As informações são do jornal O Globo

Ela diz ser sobrinha do homem e afirma que atuava como cuidadora dele, já que eles eram vizinhos. Os investigadores confirmam que há uma relação de parentesco, mas seria de primos.

Segundo o relato de Érika, Paulo Roberto ficou cinco dias internado devido a uma pneumonia e teve alta na última segunda-feira (15). Após a alta, ele ficou sob os cuidados dela e, segundo a mulher, revelou ter solicitado o empréstimo no dia 25 de março. O idoso, então, teria mostrado interesse em sacar a quantia pedida, e Érika disse que foi ao banco com Paulo para atender a um desejo dele.

A mulher contou aos policiais que chamou um carro de aplicativo e embarcou e desembarcou o idoso do carro com a ajuda do motorista. A Polícia tenta localizar o condutor para que ele preste depoimento. Érika afirmou ainda que, antes de sair de casa e já dentro do banco, Paulo Roberto estava consciente, apesar de debilitado, e parou de responder no momento de receber atendimento de funcionários da agência bancária.

Nesta terça-feira (16), a advogada responsável pela defesa de Erika afirmou que o idoso chegou vivo à agência. Informações do Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu) e da Polícia indicam, porém, que ele havia morrido há pelo menos duas horas. Em depoimento, a mulher disse que viu quando a equipe do Samu chegou e fez manobras de ressuscitação em Paulo Roberto. E afirmou que dava para perceber que o idoso respondia aos estímulos até parar de responder.

O corpo de Paulo Roberto foi levado para o Instituto Médico-Legal (IML), onde passará por exames para constatar a causa da morte. Érika foi autuada por vilipêndio de cadáver e furto mediante fraude.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Radio Clube Am
Conect
MixDelivery
Radio Clube Am
Mobilapp
Municípios
MedLab
Radio Clube Am
Salão
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
MixDelivery
MixDelivery