Gov
oI
POLITICA

Saiba quem são os parlamentares baianos mais faltosos da Câmara dos Deputados

Saiba quem são os parlamentares baianos mais faltosos da Câmara dos Deputados

10/07/2024 13h26
Por: Rodrigo Mario
Fonte: bahia ba

Saiba quem são os parlamentares baianos mais faltosos da Câmara dos Deputados

Os dados constam no sistema de frequência da Câmara dos Deputados

Um levantamento realizado no sistema de frequência da Câmara dos Deputados constatou que Elmar Nascimento (União Brasil), Waldenor Pereira (PT), Arthur Maia (União Brasil), Adolfo Viana (PSDB) e José Rocha (União Brasil) são os cinco parlamentares baianos mais faltosos da Câmara dos Deputados. Os três primeiros somam 46, 41 e 31 faltas, respectivamente. Já Viana e Rocha deixaram de comparecer a 26 e 24 sessões. Os dados levantados pela Metropolítica se referem a ausências em votações no plenário durante a atual legislatura, iniciada em fevereiro de 2023.

Depois do quinteto, aparecem Dal Barreto (União Brasil), com 22 faltas; Raimundo Costa (Podemos) e Roberta Roma (PL), com 20 cada; Leur Lomanto Júnior (União Brasil), com 19; Mário Negromonte Júnior (PP) e Zé Neto (PT), com 18; João Leão (PP), com 17; e Ricardo Maia (MDB), com 15.

Entre os mais ausentes aparecem ainda 12 deputados baianos na faixa que vai de 10 a 14 ausências em sessões de votação: Cláudio Cajado (PP), João Carlos Bacelar (PL), Ivoneide Caetano (PT), Márcio Marinho (Republicanos), Pastor Sargento Isidório (Avante), Josias Gomes (PT), Paulo Azi (União Brasil), Bacelar(PV), Joseildo Ramos (PT), Daniel Almeida (PCdoB), Valmir Assunção (PT) e Diego Coronel (PSD).

Já em quantidade de ausências sem justificativa, Leur Júnior e Dal Barreto são os campeões imbatíveis. Ambos faltaram a 11 votações cada, mas não apresentaram qualquer desculpa. Logo abaixo, aparecem Raimundo Costa e Arthur Maia (7), Isidório e Paulo Azi (6) e Diego Coronel (5).

Pelas regras da Câmara, o pagamento dos salários dos deputados federais leva em conta o comparecimento às sessões deliberativas em plenário. Ou seja, ausências não justificadas acarretam descontos na remuneração dos parlamentares. As justificadas, ainda de acordo com o Regimento Interno da casa, são aceitas nos seguintes casos: missão autorizada, doença comprovada, licença-maternidade ou paternidade e morte de familiar até o segundo grau

Presentes – Por outro lado, quatro deputados da Bahia quase não se ausentaram. São eles: Léo Prates (PDT) que somou apenas três, Félix Mendonça Júnior (PDT) com duas faltas e Paulo Magalhães (PSD) que faltou uma única  vez. Dos 39 integrantes da bancada, Antônio Brito (PSD) foi exemplo de assiduidade na legislatura vigente. Desde que foi reempossado no cargo, não faltou uma só vez a votações na Câmara.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários
Radio Clube Am
Radio Clube Am
MixDelivery
Conect
Mobilapp
Municípios
Radio Clube Am
Salão
MedLab
Últimas notícias
Anúncio
Mais lidas
MixDelivery
MixDelivery